Notícias

#Administração | 23 DE NOVEMBRO DE 2017

Em dias com Lei Complementar n° 131 de acordo com a fiscalização do TCE\CE (Mês Referência Outubro/2017)

A Lei Complementar nº 101/2000 – Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) dispõe em capítulo específico sobre a TRANSPARÊNCIA, CONTROLE E FISCALIZAÇÃO, seguindo-se sua Primeira Seção sobre o tema Transparência da Gestão Fiscal.

O caput do art. 48 da LRF define os instrumentos de transparência da gestão fiscal, aos quais deve ser dada ampla divulgação, inclusive em meios eletrônicos de acesso público: os planos, orçamentos e leis de diretrizes orçamentárias; as prestações de contas e o respectivo parecer prévio; o Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) e o Relatório de Gestão Fiscal (RGF).

A Lei Complementar n° 131, de 27 de maio de 2009, conhecida como Lei da Transparência, trouxe inovações à Lei de Responsabilidade Fiscal, dispondo que esta transparência deva ser assegurada, também, mediante liberação ao pleno conhecimento e acompanhamento da sociedade, em tempo real, de informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira, em meios eletrônicos de acesso público, e adoção de sistema integrado de administração financeira e controle que atenda a padrão mínimo de qualidade, tudo conforme regula o Decreto Federal nº 7185/2010 e o art. 48-A da LRF.

A fiscalização contempla, dentre outros aspectos, as prerrogativas do art. 63 da LRF, que faculta aos Municípios com população inferior a 50 mil habitantes e que se encontrem dentro dos limites relativos à despesa total com pessoal ou à dívida consolidada, a possibilidade da divulgação do Relatório de Gestão Fiscal – RGF na periodicidade semestral. A periodicidade abrange indistintamente os Poderes Executivo e Legislativo e deve ser obedecida por todo o exercício. Registra-se que o enquadramento dos municípios ocorreu a partir da análise dos dados das Prestações de Contas em Meio Informatizado do SIM, mesma base utilizada na confecção do Relatório de Acompanhamento Gerencial – REAGE.

Nesse sentido, o Tribunal de Contas do Estado do Ceará – TCE Ceará, no uso de suas atribuições legais, realiza o acompanhamento mensal nos sítios eletrônicos e Portais da Transparência dos Poderes Executivo e Legislativo municipais, a fim de verificar o cumprimento do disposto nos art. 48 e 48-A da LRF, bem como ao que determina o Decreto Federal n.º 7.185/2010.

 

Deixe seu comentário

NOTÍCIAS RELACIONADAS

#Administração | 11 DE ABRIL DE 2018

A Prefeita Maria Auxiliadora (Tirica) e os Vereadores Tota Barbosa, Chico Abel, Aloísio Senhor e Magno, participaram na manhã de hoje, quarta-feira, 11, no Cine Cocó em Fortaleza, da Reunião Preparatória, a convite da SEMA (Secretaria do Meio Ambiente do Estado), c [...]

#Administração | 11 DE ABRIL DE 2018

Dia do Prefeito MunicipalHoje, 11 de Abril, parabenizamos a nossa Prefeita Maria Auxiliadora Lima Batista (Tirica), pelo trabalho, compromisso, dedicação e empenho, buscando o melhor a cada dia para o desenvolvimento do nosso município. [...]

#Administração | 07 DE DEZEMBRO DE 2017

A Prefeita Maria Auxiliadora(Tirica) assume o compromisso com o desenvolvimento integral das CRIANÇAS E ADOLESCENTES. Por sua orientação Aratuba se inscreveu para participar do SELO UNICEF 2017-2020 COMPROMISSO DE TODOS.Hoje, quinta-feira, 07, a Articuladora Professora Maria Adi [...]

#Administração | 20 DE NOVEMBRO DE 2017

20 de Novembro Dia Nacional da Consciência Negra [...]

#Administração | 01 DE NOVEMBRO DE 2017

COMUNICADOA Prefeitura Municipal de Aratuba comunica à população em geral e aos servidores municipais em especial, que decretou ponto facultativo no âmbito do Município, no expediente de sexta-feira, dia 03/11, devendo funcionar os serviços essenciais de tran [...]

Prefeitura Municipal de Aratuba

LOCALIZAÇÃO

 Rua Júlio Pereira, nº 304 Centro

 (85) 33291-444

 pmagabinete02@gmail.com

REDES SOCIAIS